Alunos de rede municipal farão treinamento do Projeto ‘Samuzinho na Escola’

Inovasul – Evento de Rodada de Negócios será realizado pela primeira vez em Itajubá
setembro 24, 2019
Projeto ‘Histórias de Vida’ acontecerá no Teatro
setembro 24, 2019

Alunos de rede municipal farão treinamento do Projeto ‘Samuzinho na Escola’

Print Friendly, PDF & Email

Quarenta alunos de seis escolas municipais irão para a cidade de Varginha, Minas Gerais, na terça-feira, dia 1º de outubro, para participar do treinamento do Projeto “Samuzinho na Escola”, que visa conscientizar a população infantojuvenil, do ensino fundamental, sobre como e quando usar o serviço de urgência emergência SAMU 192 e os riscos de brincadeiras como o trote.

O Programa abrange as escolas públicas de nível fundamental e, desde março deste ano, está contemplando as escolas sediadas nas cidades da Macrorregião do Sul de Minas, que integram o Consórcio Intermunicipal de Saúde (CISSUL). O treinamento conta com o apoio do Núcleo de Educação Permanente (NEP).

Acompanhado de seis professores, os alunos participarão das atividades teóricas, lúdicas e práticas, que acontecerão na sede do Consórcio. Durante a visita, irão conhecer a Central Operativa de Regulação, local onde são recebidas todas as ligações 192, a Base Descentralizada e as ambulâncias utilizadas pelas equipes operacionais nos atendimentos de urgência e emergência.

Participaram desta ação, estudantes das unidades escolares: EM Francisco Pereira Coutinho-CAIC; EM São Vicente de Paulo; EM Dr. Antônio Salomon; EM Olímpio José Joaquim; EM Prof. Carmo Cascardo e CIEM Desembargador Francisco Pereira Rosa.

Atualmente, cerca de 20% das ligações recebidas pelo serviço de urgência emergência SAMU 192 são trotes. Para tentar diminuir a incidência, foi criado o este projeto.

SAMU
O SAMU – 192 foi criado em 2003, como parte da Política Nacional de Atenção a Urgências. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência tem ajudado o Brasil a reduzir o número de óbitos, o tempo de internação em hospitais e as sequelas decorrentes da falta de socorro.

Os comentários estão encerrados.