EM RITMO ACELERADO, ITAJUBÁ TEM O MAIOR VOLUME DE OBRAS DE SEUS 201 ANOS