Prefeitura realiza manutenção em importante Patrimônio Histórico

Mineirão inaugura gerando 700 empregos diretos e indiretos na cidade
novembro 7, 2019
Prefeitura recebe pesquisadores internacionais para falar sobre condições do clima e da água
novembro 7, 2019

Prefeitura realiza manutenção em importante Patrimônio Histórico

Print Friendly, PDF & Email

Um Patrimônio Histórico carrega importância social e cultural de uma cidade. Sabendo disso, a Prefeitura de Itajubá realizou obra de manutenção preventiva e pintura do imóvel da sede do Palácio 26, um patrimônio que devido a sua relevância foi tombado pelo Conselho Deliberativo de Patrimônio Histórico e Artístico – CODPHAI.

A ação do tempo, tende naturalmente a degradar a estrutura do imóvel e o objetivo da conservação é agir com pequenos reparos e pintura evitando prejuízos futuros e preservando o Patrimônio Cultural.

No local funcionou a Prefeitura de Itajubá até 1982. Atualmente, ele funciona como Base Centro do 56º Batalhão de Polícia Militar de Minas Gerais, na Praça Adolpho Olinto.

Sobre o Palácio 26
O Palácio foi projetado pelo arquiteto italiano Moises Luigi e segue as características da arquitetura eclética, sendo um belo exemplar desta linguagem arquitetônica e das antigas casas de porão alto. A fachada possui ampla varanda com balaústres e quatro colunas que estão assentadas em pedestais retangulares e terminam coroadas por capitéis coríntios.

Merecem atenção, também, os gradis e o portão, ambos forjados em ferro fundido, com linhas retas e sinuosas, formando delicado desenho rendilhado.

O imóvel foi adquirido, em 1940, pelo então Prefeito Alcides Faria e tornou-se prédio da administração itajubense até 1982. Recebeu o nome de 26 de fevereiro em homenagem a data de nascimento do Presidente Wenceslau Braz. Foi tombado pelo Decreto Municipal nº 3093 de 20 de março de 1998.

Outros Patrimônios Históricos de Itajubá
A Prefeitura  lançou em 2017, o Guia do Patrimônio Histórico de Itajubá, em parceria com o Conselho Deliberativo de Patrimônio Histórico e Artístico (CODPHAI). Neste Guia, são retratados 20 patrimônios culturais do município que já foram tombados. O objetivo de um guia, neste formato, é divulgar a riqueza patrimonial e cultural de Itajubá, resgatando as histórias.

O conteúdo possibilita ao leitor um conhecimento mais profundo do município, proporcionando a consciência de que a história e a cultura são elementos dinâmicos e que dependem da ação de cada pessoa para que sejam preservados e sirvam de base para a construção do futuro.

Os patrimônios que constam no Guia são divididos de acordo com a tipologia: Arquitetura Civil, Arquitetura Ferroviária, Arquitetura Funerária, Arquitetura Oficial, Unidade de Conservação, Atividades Econômicas, Gastronomia, Manifestações Artísticas e Arquitetura Religiosa. Entre eles, estão imagens e informações da Casa do Presidente Wenceslau Braz, Prédio Central da Unifei, Palácio 26 de Fevereiro, a Estação Ferroviária, a Mulher de Bronze e seu Mausoléu, a Escola Estadual Cel. Carneiro Júnior, o Pastel de Milho, a Calçada da Fundição Dastre, o Retrato do padre Lourenço das Costa Moreira, entre outros.

 

Os comentários estão encerrados.