Nota de Esclarecimento: Macaco morto encontrado no bairro Medicina no início do primeiro semestre não estava contaminado com vírus da Febre Amarela

Publicado por SECOM em: 06/07/2017


A Prefeitura de Itajubá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informa que, de acordo com o resultado da perícia de fragmentos coletados do macaco encontrado morto no bairro Medicina, nas proximidades do Albatroz, no dia 18 de março, o animal não estava contaminado pelo vírus da Febre Amarela.

Segundo o relatório de Epizootia do setor de Combate à Endemias da Prefeitura, divulgado na época, o macaco foi resgatado e, de acordo com necropsia realizada, havia sinais de presas na caixa torácica e na caixa craniana, indicando que o animal teria lutado com predador até a morte. Mesmo diante desses indícios, foi realizada a coleta de fragmentos do coração, cérebro, rins e fígado, e enviados para perícia.

Como medida preventiva, a Prefeitura ampliou a vacinação, fazendo-a casa a casa no bairro Medicina e num raio de 1 Km ao redor do local onde foi encontrado o macaco. A vacinação contra Febre Amarela continua a ser feita em todos os postos de saúde do município, garantindo assim o acesso para a toda a população.

O trabalho preventivo desenvolvido pela Secretaria de Saúde vem apresentando resultados: Itajubá segue com ZERO casos de Febre Amarela, bem como de casos de gripe causada pelo vírus H1N1. A população também contribui, mantendo-se consciente da importância de combater o Aedes Aegypti, mosquito causador da Dengue e da Febre Amarela, e ficando em dia com a vacinação contra a gripe e outras doenças.