Hackathon Transparência Brasil foi realizado no Teatro Municipal Christiane Riera no último sábado, dia 30 de setembro

Publicado por SECOM em: 02/10/2017


Em parceria com a Transparência Brasil e com o Google, e com apoio da Prefeitura de Itajubá, por meio da Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Indústria e Comércio (SMICT), da Universidade Federal de Itajubá (Unifei), da Incit, do Sebrae/MG, a Pandô Apps realizou, no último final de semana, o primeiro Hackathon Transparência Brasil, no Teatro Municipal Christiane Riera. A abertura do evento contou com a presença do vice-prefeito Christian Gonçalves, do secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Fernando Bissacot, do CEO da Pandô Apps, Thiago Ferreira, e cientista política e analista no projeto Tá de Pé da Transparência Brasil, Jéssica Voigt.

O Hackathon foi uma maratona em que os participantes tiveram 24 horas para desenvolver soluções utilizando informações das obras de escolas e creches públicas disponíveis no aplicativo Tá de Pé. Eles tiveram acesso aos dados de obras de creches e escolas públicas do Brasil, como cronogramas, repasses financeiros, nome da construtora, nome do prefeito, lista dos vereadores responsáveis pela fiscalização, entre outros. Com esses dados, o objetivo foi desenvolver ideias de novos aplicativos avaliados por critérios como impacto social, implementação e viabilidade econômica. Quatro grupos foram formados e três deles foram premiados.

O aplicativo Tá de Pé foi desenvolvido para celulares Android pela Transparência Brasil e permite ao cidadão fiscalizar o andamento da construção de escolas e creches financiadas pelo Governo Federal. O aplicativo permite ao cidadão tirar fotos das obras e enviá-las para a Transparência Brasil. Engenheiros analisarão as fotos e, se forem constatados indícios de atraso, a organização entrará em contato com a prefeitura responsável pela execução da obra. Caso a prefeitura não responda em até 15 dias, outras instâncias serão acionadas como vereadores, o MEC e até mesmo a ouvidoria-geral da união.

O Hackathon foi uma maratona em que os participantes tiveram 24 horas para desenvolver soluções utilizando informações das obras de escolas e creches públicas disponíveis no aplicativo Tá de Pé

Evento foi realizado no Teatro Municipal Christiane Riera

A abertura do evento contou com a presença do secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Fernando Bissacot, do vice-prefeito Christian Gonçalves, da diretora diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia da SMICT, Gisele Alves, do CEO da Pandô Apps, Thiago Ferreira, e da analista da Transparência Brasil, Jéssica Voigt

Primeiro Hackathon foi realizado em Itajubá

Vice-prefeito Christian Gonçalves deu as boas-vindas aos participantes