Utilidade Pública - Boato sobre recadastramento biométrico

Publicado por SECOM em: 22/11/2017


O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais - 134ª Zona Eleitoral de Itajubá - está veiculando uma Nota de Esclarecimento sobre as notícias referentes ao recadastramento biométrico que estão sendo divulgadas nas redes sociais.

De acordo com a nota, a Justiça Eleitoral informa que as notícias sobre recadastramento biométrico que estão sendo divulgadas são falsas e que não haverá aplicação de multa de R$ 150,00 e nem cancelamento de documentos pessoais dos eleitores, caso o mesmo não seja feito.

Ainda segundo o documento, o cartório eleitoral da 134ª Zona Eleitoral de Itajubá está fazendo o cadastramento biométrico ordinário do eleitorado dos municípios de Itajubá, Delfim Moreira, Wenceslau Braz e Marmelópolis, mas esse cadastramento não é obrigatório e não tem prazo para conclusão.

Leia o documento na íntegra aqui: Nota de Esclarecimento