Programa Engenheiro Empreendedor forma segunda turma

Publicado por SECOM em: 30/10/2018



A segunda turma do Programa Engenheiro Empreendedor, que conta com a parceria da Prefeitura, foi realizada no Auditório Antônio Rodrigues d´Oliveira (AARO) da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), no dia 23 de outubro. O Programa é promovido pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), e a segunda turma contou com 20 alunos.

O Programa Engenheiro Empreendedor visa desenvolver comportamentos e atitudes empreendedoras em estudantes e recém-graduados com o objetivo de estimular a inovação e a competitividade da indústria mineira. O Engenheiro Empreendedor aconteceu em três cidades do Estado: Itajubá, Belo Horizonte e Ipatinga. O Programa, que teve início em outubro de 2015, já capacitou 522 alunos até o momento nos três municípios, e reflete o empenho do Sistema Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) e do SEBRAE para promover uma educação profissional com qualidade. O projeto gera oportunidades para que os participantes possam inovar, experimentar, empreender e gerar soluções para a indústria.

Premiação

Durante o evento, as três equipes participantes puderam apresentar aos presentes seus projetos. São eles: IDL, na área da Indústria Automotiva; Smart Paiting, de Automação Industrial; e Click, de IoT (Internet das Coisas).

De acordo com a banca de avaliação, a melhor proposta apresenta foi da IDL. - Estamos muito felizes com esse reconhecimento. Acredito que é fruto da dedicação e envolvimento de toda equipe, disse Nikolas Oliveira Carneiro. Nosso próximo passo, quem sabe, seja buscar o programa de incubação para lapidar o projeto -, ressaltou. Também fazem parte da equipe: Hélida Aparecida Nascimento da Silva, Matheus de Sá Oliveira, Mateus Calderaro, Fabrício Yagi Maeda e Mariana Mota Noronha.

A banca de avaliação foi composta por Nilson Faria, sócio proprietário da GNS Usinagem; Vicente Belló, diretor da Stabilus; Maurício de Pinho Bitencourt, diretor da Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (INOVAi); José Fernando Grassi Bissacot, secretário Municipal de Ciência, Tecnologia, Indústria e Comércio (SMICT); e Sandra Márcia Cortez Ribeiro, gerente do Sindicato das Indústrias de Itajubá (SIMMMEI).

Engenheiro Empreendedor

O Programa Engenheiro Empreendedor contempla encontros presenciais com mentorias técnicas e de negócio, feedback, entre outros, com carga horária total de 73 horas, além da oportunidade de vivenciar experiências em espaços interativos como salas de coworking e laboratório aberto, visando atender às demandas do mercado de trabalho.

Por meio de metodologia própria, proporciona a oportunidade de criar e estruturar uma proposta de negócio. O participante ainda conta com a ajuda do SENAI no acompanhamento de especialistas para o desenvolvimento de protótipos do seu produto.