Covid-19: decreto estabelece medidas restritivas em Itajubá

Campanha contra a brucelose: confira escala da 1ª etapa de vacinação
fevereiro 23, 2021
BOLETIM DIÁRIO 23/02/21 – Confira os últimos dados relacionados ao coronavírus em Itajubá
fevereiro 23, 2021

Covid-19: decreto estabelece medidas restritivas em Itajubá

Print Friendly, PDF & Email

Entre as regras estão a proibição do atendimento presencial após 22h e da circulação de pessoas nas ruas entre 23h e 5h

O Prefeito Christian Gonçalves assinou na tarde desta terça-feira, 23 de fevereiro, um decreto municipal com medidas restritivas de combate à pandemia do coronavírus em Itajubá. A decisão torna-se necessária devido ao aumento significativo de casos suspeitos e confirmados de Covid-19 na cidade e a crescente ocupação de leitos disponíveis na rede hospitalar.

Entre as medidas, o decreto nº 8320/2021 limita o horário para o atendimento presencial em bares, restaurantes, lojas de conveniência e demais estabelecimentos similares até as 22h, podendo manter a continuidade do funcionamento após este horário na modalidade delivery; proíbe a permanência e o trânsito de pessoas nas ruas entre 23h e 5h; proíbe eventos com venda de ingressos, independentemente do número de pessoas; além de reforçar o controle do uso de máscaras e a distância entre as pessoas no interior dos estabelecimentos comerciais da cidade.

Segundo o Prefeito, Itajubá caminha para um terceiro pico de casos de Covid-19 e, por isso, as medidas de prevenção devem ser reforçadas pela população. “Pedimos a todos que sigam as medidas restritivas e que cada um faça a sua parte. Temos certeza que, dessa forma, venceremos a pandemia”, disse Christian.

O estabelecimento que descumprir as normas do novo decreto, colocando em risco a saúde pública, estará sujeito às penalidades previstas no Código Sanitário do Município.

AÇÕES DA PREFEITURA

Entre as ações de enfrentamento realizadas pela Prefeitura desde o início da pandemia, estão a distribuição gratuita
de mais de 20 mil máscaras para a população; a instalação de 35 totens de álcool em gel gratuito em pontos estratégicos da cidade; a criação do Psicovid para atendimento psicológico gratuito por telefone à população; a distribuição de 50 mil cartilhas educativas; a realização de testes; a fiscalização ostensiva e contínua do comércio e o
atendimento às denúncias de aglomerações; entre outras.

Para ler o decreto na íntegra, CLIQUE AQUI.

 

Os comentários estão encerrados.