Prefeitura implanta Programa “Melhor em Casa” para atendimento de pacientes em domicílio

COVID-19: 1ª DOSE DA VACINA NESTA QUARTA-FEIRA, 26 DE MAIO; VEJA OS GRUPOS CONTEMPLADOS
maio 25, 2021
BOLETIM DIÁRIO 25/05/21 – Confira os últimos dados relacionados ao coronavírus em Itajubá
maio 25, 2021

Prefeitura implanta Programa “Melhor em Casa” para atendimento de pacientes em domicílio

Print Friendly, PDF & Email

Projeto previsto no Plano de Governo de Christian e Dr. Nilo se destaca como uma importante conquista da atual administração

Itajubá foi habilitada pelo Ministério da Saúde, através do Sistema Único de Saúde (SUS), a implantar o Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) – Programa “Melhor em Casa” no município. Este projeto estava prevista no Plano de Governo do Prefeito Christian Gonçalves e seu Vice-Prefeito e Secretário de Saúde, Dr. Nilo Baracho, e agora é uma realidade em nossa cidade. O novo Programa foi apresentado às enfermeiras dos postinhos de saúde na última sexta-feira, 21 de maio, e teve início nesta segunda-feira, 24 de maio.

Diferentemente do Estratégia Saúde da Família (ESF), o SAD – “Melhor em Casa” está atendendo pessoas com dificuldade ou impossibilidade física de locomoção que necessitam de cuidados e recursos de saúde com maior frequência, além de um acompanhamento contínuo.

Entre os benefícios do SAD – “Melhor em Casa” estão a humanização da atenção à saúde, com a ampliação da autonomia dos pacientes em seus próprios domicílios; a redução do período de internação, diminuindo o risco de infecções dos pacientes; e a melhoria da gestão dos leitos hospitalares, evitando a superlotação de serviços de urgência e emergência.

A assistência à saúde é feita por uma Equipe Multiprofissional de Atenção Domiciliar (EMAD) composta por médico, fisioterapeuta, enfermeiro e técnico de Enfermagem que, por sua vez, compartilha os cuidados do paciente com a família ou cuidador responsável. “O usuário tem todo o suporte da equipe para realizar o tratamento adequado no conforto da sua residência e com o apoio dos familiares. É um Programa de atenção domiciliar que ensina a família a cuidar do paciente e, com isso, torna o tratamento mais humanizado. Um grande ganho para a saúde de Itajubá”, enfatizou o Secretário de Saúde.

A indicação para o atendimento domiciliar aos pacientes de maior complexidade poderá ser feita pelas equipes da Atenção Primária, Estratégia Saúde da Família ou ainda pelo hospital em que o usuário estiver internado.

Práticas integrativas no SUS

Dr. Nilo aproveitou o encontro com as enfermeiras para apresentar também as novas Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) do SUS que foram incorporadas à rede pública de saúde. Tratam-se de dois recursos terapêuticos que buscam a prevenção de doenças e a recuperação da saúde na Atenção Primária: o Reiki e a Hipnoterapia.

Reiki – Prática terapêutica que utiliza a imposição das mãos para canalização da energia vital visando promover o equilíbrio energético, necessário ao bem-estar físico e mental. Busca fortalecer os locais onde se encontram bloqueios – “nós energéticos” – eliminando as toxinas, equilibrando o pleno funcionamento celular, e restabelecendo o fluxo de energia vital – Qi. A prática do Reiki responde perfeitamente aos novos paradigmas de atenção em saúde, que incluem dimensões da consciência, do corpo e das emoções.

Hipnoterapia – Conjunto de técnicas que, por meio de intenso relaxamento, concentração e/ou foco, induz a pessoa a alcançar um estado de consciência aumentado que permita alterar uma ampla gama de condições ou comportamentos indesejados, como medos, fobias, insônia, depressão, angústia, estresse, dores crônicas. Pode favorecer o autoconhecimento e, em combinação com outras formas de terapia, auxilia na condução de uma série de problemas.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.