Setembro Amarelo: confira as atividades do mês da valorização da vida

PREFEITURA DE ITAJUBÁ – VACINÔMETRO COVID-19 – 06/09/2021
setembro 6, 2021
BOLETIM DIÁRIO 06/09/21 – Confira os últimos dados relacionados ao coronavírus em Itajubá
setembro 6, 2021

Setembro Amarelo: confira as atividades do mês da valorização da vida

Print Friendly, PDF & Email

A Prefeitura de Itajubá, através do Setor Municipal de Saúde Mental, está realizando a campanha “Setembro Amarelo” com diversas atividades durante o mês da valorização da vida.

Com o tema “Saber para prevenir – Conversar, escutar, entender: atitudes que salvam vidas”, as atividades terão início a partir da próxima quinta-feira, 9 de setembro. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância da prevenção do suicídio e onde procurar ajuda.

Confira:

Dia 09/09 (quinta-feira)
Horário: 17h
Local: Youtube Prefeitura de Itajubá

  • LIVE: “Setembro Amarelo: Todos pela vida! Prevenir ainda é o melhor remédio” com as convidadas Dra. Maria das Graças Mota Cruz A. Figueiredo (psiquiatra paliativista e professora de Cuidados Paliativos e Luto da Faculdade de Medicina de Itajubá), Thaís Simões Maciel L. Meira (psicóloga clínica do CAPS AD de Itajubá, mestre e especialista em Saúde e Educação e professora da Escola de Enfermagem Wenceslau Braz) e Maria Goretti Ferreira Parada Oliveira (Secretária Municipal Adjunta de Saúde e especialista em Gestão Micro Regional e Saúde Mental – ESP).

Dia 10/09 (sexta-feira)
Horário: 13h às 16h
Local: Auditório do Teatro Municipal

  • PALESTRA: “Prevenção do suicídio, porque a vida é um bem precioso. Manejo e abordagens na RAPS – Rede de Atenção Psicossocial” com Dr. Leonardo Fortes Colósimo (médico psiquiatra do CAPS II – Itajubá e CAPS AD – Pouso Alegre). * PALESTRA PARA PROFISSIONAIS DE SAÚDE *

Dia 11/09 (sábado)
Horário: 9h às 11h
Local: Praça Theodomiro Santiago

  • Ação “Todos pela Vida” – Panfletagem e Mural Interativo

O suicídio é um sério problema de saúde pública que demanda atenção, prevenção e controle de todos. É importante ficar atento aos sinais de alerta, sobretudo se estes se manifestarem ao mesmo tempo. São eles:

  • Expressão de ideias ou de intenções suicidas durante, pelo menos, duas semanas;
  • Preocupação extrema com a sua própria morte, falta de esperança e visão negativa sobre a vida e o futuro;
  • Isolamento.

Diante de uma pessoa sob risco de cometer suicídio, faça o seguinte:

  • Encontre um lugar calmo para conversar; a escuta é essencial e deve acontecer sem julgamentos;
  • Incentive a pessoa a procurar ajuda de profissionais e serviços de saúde (saúde mental, emergência, CVV).
  • Ofereça-se para acompanhar a pessoa a um atendimento;
  • Se você acha que essa pessoa está em perigo imediato, não a deixe sozinha. Procure ajuda de profissionais e entre em contato com alguém de confiança indicado pela própria pessoa – rede de apoio;
  • Garanta que a pessoa não tenha acesso aos meios que podem vir a provocar a própria morte como pesticidas, armas de fogo ou medicamentos;
  • Fique em contato.

O cidadão pode procurar ajuda nos seguintes locais:

  • Unidades de saúde dos bairros: ESFs e UBSs;
  • Centro Multiprofissional de Saúde Mental – CMSM: Rua Zequinha Braga, nº 133, São Vicente – Telefone: 35 99836-3017
  • Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas – CAPS AD: Rua Dr. Américo de Oliveira, nº 345, Centro – Telefone: 35 99816-5576
  • Centro de Atenção Psicossocial CAPS II – Avenida São Vicente de Paulo, nº 1052, Medicina – Telefone: 35 99903-2916
  • Psicovid: 35 99726-1180 e 99720-7180
  • Centro de Valorização da Vida (24 horas): 188

O “Setembro Amarelo” conta com o apoio da Faculdade de Medicina de Itajubá e da cantora Elaine Vilas Boas.

 

Os comentários estão encerrados.