Prefeitura cria projeto de distribuição e troca de sementes entre produtores rurais

BOLETIM DIÁRIO 08/02/21 – Confira os últimos dados relacionados ao coronavírus em Itajubá
fevereiro 8, 2021
BOLETIM DIÁRIO 09/02/21 – Confira os últimos dados relacionados ao coronavírus em Itajubá
fevereiro 9, 2021

Prefeitura cria projeto de distribuição e troca de sementes entre produtores rurais

Print Friendly, PDF & Email

O Prefeito de Itajubá, Christian Gonçalves, lançou nesta segunda-feira, 8 de fevereiro, o Projeto “Sementes” para a distribuição e troca de sementes crioulas entre os agricultores urbanos e rurais. O objetivo é disseminar o cultivo de sementes naturais da região, ou seja, incentivar o plantio das sementes que foram transmitidas de geração para geração sem qualquer tipo de modificação genética.

No lançamento do Projeto, o Prefeito Christian destacou a importância da iniciativa para o fortalecimento da agricultura familiar regional e a valorização do homem do campo. “Ampliar, melhorar e fortalecer o apoio ao produtor rural é uma das metas do nosso Plano de Governo. Este é o primeiro de muitos projetos que iremos executar para atender as demandas desse importante grupo, que é peça-chave no desenvolvimento da agricultura sustentável e orgânica no nosso município”, frisou.

Para retirar as sementes, os interessados devem se dirigir à Casa do Produtor Rural (Av. Dr. Jerson Dias, s/n, Bairro Estiva – a 500 metros da Prefeitura) e realizar o cadastro. O produtor assina um termo em que se compromete a devolver 50% a mais do que retirou para o banco de sementes do Projeto, mantendo-o sempre estruturado para, assim, beneficiar os demais agricultores urbanos e rurais.

As sementes servirão não só para a comercialização e alimentação das famílias, já que elas poderão produzir suas próprias sementes, mas também para estimular a agricultura sustentável e valorizar este tipo de cultivo, preservando a memória e a identidade locais. “Além da própria alimentação, o produtor pode utilizar as sementes na construção de cercas vivas e barreiras de vento e até mesmo na recuperação de nascentes”, revelou o Secretário de Agricultura, Bruno Vidal de Almeida.

No momento, o banco do Projeto “Sementes” oferece algumas espécies de milho (andino, preto, branco, pipoca), feijão guandu e de crotalária e tefrósia, que são plantas leguminosas usadas para a adubação verde e em processos de recuperação de solo. “Nosso plano é aumentar cada vez mais a variedade, incluindo raízes como mandioca, açafrão, gengibre e outras leguminosas. Ao favorecer o cultivo de outras espécies, além das convencionais, aumentamos a biodiversidades das produções agrícolas, produzimos alimentos naturais com mais qualidade e ajudamos o produtor a ter mais variedade, vendas e lucro”, frisou Bruno.

O produtor agroflorestal do bairro Peroba, Ednilson Carvalho, elogiou a iniciativa da Prefeitura e reforçou que o Projeto irá ajudar muito no desenvolvimento das comunidades e dos bairros rurais. “É uma troca de conhecimento muito grande entre a Prefeitura e o produtor. Essa iniciativa de resgatar o uso de sementes crioulas é muito interessante e traz um aprendizado novo. Estamos vendo uma nova perspectiva para o homem do campo com essa e outras iniciativas da Prefeitura”, opinou.

Anderson Francis da Silva, produtor agroecológico do bairro Marins, reforçou a importância do Projeto, principalmente, para a qualidade dos alimentos produzidos pela agricultura familiar e a saúde de seus consumidores. “Vejo que esse resgate do uso das sementes, como era feito antigamente, vai beneficiar muito a saúde de todos, pois são sementes crioulas, sem modificações genéticas ou uso de defensivos agrícolas. O benefício será muito grande para as famílias dos produtores e para todos que irão consumir esses produtos”, disse.

Também participaram do lançamento, representantes de outros bairros rurais, Universidade Federal de Itajubá (Unifei), Central de Associações de Produtores Orgânicos do Sul de Minas (OSM) e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER-MG).

 

Os comentários estão encerrados.