ATENÇÃO! Período de chuvas exige cuidados redobrados contra a Dengue

Mais de 2 milhões de refeições foram distribuídas nas Escolas Municipais em 2019
janeiro 3, 2020
Prefeitura investe em equipamentos para melhorias no trânsito
janeiro 6, 2020

ATENÇÃO! Período de chuvas exige cuidados redobrados contra a Dengue

Print Friendly, PDF & Email

A Prefeitura de Itajubá realiza inúmeras ações como mutirão e campanhas para conscientizar e eliminar possíveis focos ou criadouros de mosquitos transmissores. Agora, durante o período de chuvas, os cuidados para evitar a propagação do mosquito Aedes Aegypti devem ser redobrados.

O período do verão é o mais propício à proliferação das larvas do transmissor da Dengue, Zika,  Chycungunya, e consequentemente, é a época de maior risco de infecção por essas doenças.

Qualquer reservatório que possa acumular água é um potencial criadouro do mosquito. É importante que todos façam uma ação de combate por meio da limpeza desses locais.

Locais preferidos do Aedes Aegypti:
– Aparadores de água de filtro;
– Pneus;
– Bandejas de ar condicionado e geladeiras;
– Caixas d’água;
– Caixas de passagem de água e calhas;
– Casas de máquinas de elevador;
– Hortas e vasos em janelas e sacadas;
– Lajes;
– Lonas de cobertura;
– Móveis de jardim;
– Piscinas sem uso;
– Sucatas e objetos expostos ao tempo;
– Tanques, pias e ralos.

Como combater o mosquito
– Acondicionando corretamente o lixo.
– Colocar areia nas bordas dos pratos de plantas e flores.
– Limpar o bebedouro de cachorros e gatos.
– Remover as folhas e galhos, elas podem entupir as calhas de água.
– Manter a caixa d’água sempre tampada.
– Limpar lajes e locais que acumulam água.
– Jogar latas, garrafas pets, copos e embalagens plásticas em sacos de lixo fechados.
– Não deixar pneus acumulados em áreas externas.

Sobre a Dengue, Zyka e Chycungunya
Dengue, Zika e Chikungunya são três infecções transmitidas pelos mesmos vetores, os mosquitos Aedes Aegypiti. Elas possuem sintomas parecidos, mas algumas características podem ajudar a diferenciá-las.

Não existe tratamento específico para as infecções por esses vírus. A orientação do Ministério da Saúde é que, na presença de qualquer sintoma, o paciente procure a unidade de saúde mais próxima. Além disso, deve fazer repouso e ingerir bastante líquido durante os dias de manifestação de sintomas. Alguns medicamentos, como ácido acetilsalicílico e outros anti-inflamatórios, podem aumentar complicações hemorrágicas, principalmente em caso de dengue. Por isso, ao apresentar os sintomas, a pessoa não deve se automedicar.

Fonte: Ministério da Saúde.

Os comentários estão encerrados.