Itajubá foi contemplada entre 140 municípios e terá Farmácia Viva

Prefeitura de Itajubá irá realizar ação referente ao Setembro Amarelo
setembro 3, 2019
Prefeitura faz obra de drenagem no bairro Anhumas
setembro 3, 2019

Itajubá foi contemplada entre 140 municípios e terá Farmácia Viva

Print Friendly, PDF & Email

A Prefeitura informa que Itajubá foi contemplado entre 140 municípios do Brasil para a implantação da Farmácia Viva,  com apoio do Ministério da Saúde. A Farmácia Viva compreende todas as etapas, desde o cultivo, a coleta, o processamento, o armazenamento de plantas medicinais, a manipulação e a entrega de preparações a base de plantas medicinais. Recentemente, foi realizada em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER), um curso de capacitação para agentes comunitários da Saúde, ministrado pela farmacêutica Me. Gabriella Guimarães e Silva, falando sobre cada etapa do projeto.

Desde 2016, a Prefeitura realiza ações educativas sobre esse tema. Assim, o objetivo do projeto é, de acordo com a Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos e a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, implantar a Farmácia Viva, incorporando as ações já existentes como grupos educativos, palestras, e rodas de conversa. Utilizando também, parcerias com outras instituições, de forma a ampliar o acesso seguro da população às plantas medicinais e fitoterápicos.A coordenação do projeto será realizada pela farmacêutica Me. Gabriella Guimarães e Silva.

O projeto “Estratégias para Implementação da Fitoterapia na Rede Pública de Saúde do Município de Itajubá”, realizado pela Faculdade de Medicina de Itajubá (FMIT) conquistou a 5ª colocação do prêmio INOVASUS. O estudo evidenciou grande utilização de plantas medicinais pela população, frequentemente sem acompanhamento profissional, e o perfil de utilização dessas plantas orientou a execução de ações educativas para a comunidade e Agentes Comunitários de Saúde (ACS), sobre o uso correto das plantas medicinais mais utilizadas pela população.

A implementação da Farmácia Viva ampliará as ações já desenvolvidas e bem aceitas pela comunidade, promoverá também o surgimento de campos de estágios e pesquisas para estudantes dos cursos de graduação e pós-graduação do município, no resgate dos saberes em plantas medicinais nas escolas por meio de atividades, além de promover suporte para ações de educação popular e educação permanente. Para as fases de cultivo e coleta, a Prefeitura receberá o apoio da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (EMATER),  do Instituto Estadual de Floresta de Itajubá (IEF), da  Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (INOVAI) que promoverá auxílio no desenvolvimento do plano proposto. As mudas serão doadas pela Universidade Federal de Lavras (UFLA). Além disso, firmou-se uma parceria com a Faculdade de Farmácia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), cujos pesquisadores atuam em projetos de pesquisa e extensão em plantas medicinais e fitoterápicos, e auxiliarão de forma continuada na capacitação dos profissionais envolvidos durante a implantação da farmácia Viva.

Os comentários estão encerrados.