Prefeito, Vice e Secretário de Saúde desmentem boatos sobre Coronavírus em Itajubá

BOLETIM DIÁRIO 22/03: confira os dados oficiais sobre o Coronavírus em Itajubá
março 22, 2020
BOLETIM DIÁRIO 23/03: confira os dados oficiais sobre o Coronavírus em Itajubá
março 23, 2020

Prefeito, Vice e Secretário de Saúde desmentem boatos sobre Coronavírus em Itajubá

Print Friendly, PDF & Email

O Prefeito de Itajubá, Rodrigo Riera, o Vice-Prefeito, Christian Gonçalves, e o Secretário Municipal de Saúde, Nilo Baracho, se pronunciaram na tarde deste domingo, 22 de março, a respeito de algumas notícias falsas e outros assuntos envolvendo a pandemia de Coronavírus.

O CASO DO FILHO DO MÉDICO DE ARARAQUARA

O Secretário de Saúde esclareceu o caso do médico de Araraquara que divulgou um vídeo no Facebook dizendo que o filho, estudante da Unifei, estaria com Coronavírus em Itajubá. “Segundo o que o estudante nos informou, ele teve a visita de um parente do exterior já há mais de 15 dias. Passados os 15 dias, ele iniciou os sintomas. Ou seja, já está fora do protocolo do Ministério da Saúde para ser considerado um caso suspeito de Coronavírus”, explicou Nilo.

O CASO DO CARRO DE SOM

Apoiado pela Guarda Municipal e pelo comércio de Itajubá, um carro de som saiu às ruas hoje pela manhã para orientar a população a ficar em casa. Por um deslize, o locutor disse que o vírus já está na cidade, o que não é verdade. “Ele está fazendo um belo trabalho, mas se equivocou e já pediu desculpas por isso. Não há caso confirmado na cidade. O que nós temos que fazer é evitar a chegada desse vírus e a sua propagação”, declarou Rodrigo.

FAKE NEWS

O Vice-Prefeito reforçou a importância de se confiar nas informações dos órgãos oficiais e descartar os boatos e as “fake news”. “É muito importante que a população mantenha a calma e concentre-se nas informações que realmente importam. A Prefeitura tem se pronunciado através de vídeos e também divulgado um Boletim Diário com os números oficiais”, lembrou Christian.

COMÉRCIO

Eles abordaram ainda a continuidade dos serviços essenciais na cidade, bem como as restrições para o funcionamento do comércio. “Estamos com um decreto do Governador que os municípios devem seguir. O comércio deverá trabalhar com delivery. Não só bares, lanchonetes e restaurantes, mas lojas de material de construção e outros serviços correlatos”, disse Rodrigo.

Estabelecimentos como farmácias, supermercados, hortifruti, casas de ração, postos de gasolina e distribuidoras de gás e água continuarão abertos respeitando as normas da Secretaria de Saúde, como a distância de 2 metros entre os clientes com marcação no piso.

OUTROS ASSUNTOS

No vídeo gravado na tarde de hoje, as autoridades elogiaram a estrutura médica presente na cidade e lembraram a necessidade de valorização dos profissionais da área neste momento. Também orientaram a população sobre a ida desnecessária aos Postos de Saúde e Hospital Escola, o que sobrecarrega o Sistema. Para assistir, clique aqui.

 

 

 

Os comentários estão encerrados.