NOTA: ITAJUBÁ NÃO RECEBEU VACINAS VENCIDAS