Prefeitura dobra número de famílias atendidas pelo “Remédio da Terra”

Chefe do Departamento de Ciência e Tecnologia do Exército visita Itajubá
fevereiro 13, 2020
Carnaval 2020: confira programação dos blocos em Itajubá
fevereiro 13, 2020

Prefeitura dobra número de famílias atendidas pelo “Remédio da Terra”

Print Friendly, PDF & Email

O Programa “Remédio da Terra” não para de crescer em Itajubá. Atualmente, a iniciativa de fornecer cestas personalizadas com frutas, legumes e verduras já atende 40 famílias em situação de vulnerabilidade social na cidade.

Implantado pela Prefeitura, o programa, lançado no final do ano passado, começou distribuindo 20 cestas em 2 bairros da cidade. Em pouco tempo o número dobrou, já são 40 unidades entregues toda semana em 6 bairros diferentes: Jardim das Colinas, Novo Horizonte, Rebourgeon, Santa Luzia, Santa Rosa e Santo Antônio.

As famílias beneficiadas pelo projeto são criteriosamente selecionadas por uma equipe de profissionais da Secretaria de Saúde. Todos são pacientes acompanhados pelos Postos de Saúde e diagnosticados com doenças como diabetes, hipertensão, obesidade, desnutrição ou anemia.

As cestas são preparadas uma a uma por nutricionistas que verificam minuciosamente a necessidade de cada família. É importante ressaltar que as cestas auxiliam no controle das doenças, porém não substituem os remédios já prescritos aos pacientes.

Atualmente, os hortifrúti são doados pelo CEASA, parceiros do Projeto. Eles são colhidos pelos produtores rurais às vésperas da distribuição, o que garante que os alimentos cheguem sempre frescos à mesa de quem irá consumi-los. Além da doação, os produtores do CEASA também disponibilizam o local para a montagem personalizada das cestas.

O projeto é um sucesso e tem feito grande diferença na vida das famílias atendidas. Mas, para potencializar a iniciativa e ampliar seu alcance, o programa busca novos parceiros. Comerciantes, empresários e cidadãos comuns que queiram fazer parte da iniciativa devem procurar a Secretaria de Saúde pelo telefone (35) 3692-1785.

 

Os comentários estão encerrados.